O tão famoso medo do futuro.

image

É uma triste verdade que quando chegamos ao terceiro ano, o peso de “se tornar adulto” começa a bater a nossa porta. O peso da escolha que irá definir os próximos cinquenta anos! E consequentemente traz junto o medo. O medo da escolha,o medo de falhar, o medo de lá na frente perceber que fez a escolha errada.

Como eles querem que eu decida o que quero ser , se mal decidi o que quero comer no almoço! E a sensação só piora quando todos os seus amigos já decidiram e seus pais começam a te cobrar. Era tão mais fácil quando eu era criança, que podia ser a cada dia o que eu quisesse. Experimentar cada profissão e no dia seguinte , eu era outra completamente nova.

Não sei o que é pior, o medo de ter uma vida “chata” ou seus pais vendo sua crise de indecisão profunda- aliais, bem que podia ter um remédio para isso.- tão estranho decidir o que o meu eu de daqui a dez anos irá querer baseada nas minhas vontades do presente.

Sou completamente mutável de ideias e sentimentos. E mais uma vez vou ficar nessa dúvida. O que ser quando crescer.

A música que embalou esse pensamento foi: Sunset the xx